A companhia canadense de baixo custo WestJet fechou um acordo definitivo com a Boeing para a compra de 10 aeronaves do tipo 787-9, a ser entregues entre o primeiro trimestre de 2019 e dezembro de 2021.

Um adicional de 10 aeronaves foi firmado como opção de compra com previsão de entrega entre 2020 e 2024, e como parte do acordo, 15 ordens firmes para o 737 Max foram transformadas em opções de compra, adiando o prazo de entrega de 2019-2021 para 2022-2024.

Os motores escolhidos para equipar o 787 são os General Electric GEnx-1B, assim a companhia pretende ingressar em mercados da América do Sul, Ásia e expandir as rotas pela Europa, atualmente a WestJet voa para Londres/Gatwick e Havaí com o Boeing 767.

O vice-presidente da Boeing, Ray Conner, disse que: “A WestJet nos seus 21 anos de história, tem sido uma cliente fiel da Boeing e nós estamos animados para ver a expansão da frota com os 787.”

 

Via Flight Global.

 

(76)