O Aeroporto Internacional de Belém (PA) apresenta, até o dia 7 de janeiro, a mostra “Traços da Palavra”, de autoria de Paulo Adolfo Farias Guimarães, com desenhos de metal sobre papel cartão, uma técnica milenar com gravuras.
O artista iniciou o trabalho há dez anos, desenvolvendo uma relação própria com suas gravuras ao utilizar o metal para elaborar suas obras. Ele faz uso do estilete para desenhar sobre o papel cartão, geralmente de cor preta, reticulando o mesmo, ou seja, subtraindo-o, raspando o papel. Segundo Paulo Adolfo Farias Guimarães, o surgimento das obras aconteceu quando ele estava utilizando a técnica de “colagem” de forma despretensiosa, e num momento não muito inspirador, riscou com estilete um pedaço de papel cartão, ocasião em que surgiu a ideia de trabalhar com metais sobre a gravura.
O artista não denomina a sua arte como técnicas de gravuras, por entender que a denominação da sua obra final deve ser definida conforme o entendimento ou percepção do público.
Paulo Guimarães, é artista plástico e arte-educador. É natural do estado do Amapá (AP) e radicado em Belém desde 1976, onde deu início às suas atividades artísticas com várias exposições em espaços culturais, clubes e restaurantes do interior e da capital paraense. A partir dos anos 90, passou a ministrar oficinas de desenho para jovens em projetos de inclusão, em diversas instituições, a exemplo da Funpapa, Escola Salesiana do Trabalho, Propaz, Colégio Cordeiro de Farias e Fundação Curro Velho. Em 2003, venceu o concurso de logomarca referente aos 40 anos da Escola Salesiana do Trabalho.

Serviço:
Mostra de desenho com metal sobre papel cartão
Local: Espaço Cultural de Val-de-Cans (Mezanino)
Período: Até o dia 7.01.19

Fonte: AviaoRevue

(5)