A Saab concluiu, com sucesso, o primeiro voo da segunda aeronave de teste do Gripen E.
Designada 39-9, a segunda aeronave decolou para o seu primeiro voo às 9h50, do dia 26 de novembro de 2018. O voo foi operado a partir do aeródromo da Saab em Linköping, na Suécia, com o piloto de ensaios em voo do Gripen na Saab, Robin Nordlander, no controle.
“Algumas pessoas acham que ser piloto de ensaios em voo é o trabalho mais excitante do mundo, e deveria ser. Pilotar o Gripen E não exige tanto esforço, mesmo em um voo inaugural como este. Foi um prazer pilotar o 39-9. O voo foi muito suave. Estou ansioso para voltar a pilotá-lo e em breve colocar os novos sistemas em teste ”, comentou Robin Nordlander.
Durante o voo, que teve 33 minutos de duração, o piloto realizou várias manobras para validar as características de voo e os vários critérios de teste, como o software, o sistema de suporte de vida e o sistema de rádio.
“É muito gratificante ver que a segunda aeronave do Gripen E ingressou no programa de ensaios em voo conforme o planejado. Esta nova aeronave nos permite expandir as atividades experimentais à medida que testamos mais funcionalidades com sistemas embarcados, enquanto aumentamos o ritmo geral de ensaios, agora que estamos com duas aeronaves voando. O programa continua apresentando bons progressos e gerando interesse, pois os nossos clientes e outros estão ansiosos para ver e conhecer mais sobre as capacidades que o Gripen E disponibilizará aos seus pilotos”, diz Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e chefe da área de negócios Saab Aeronautics.
A próxima fase do programa de ensaios do Gripen 39-9 é o teste dos sistemas e sensores táticos.

Fonte: AviaoRevue

(2)