A movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional de São Luís/ Marechal Hugo da Cunha Machado (MA) superou expectativas e alcançou a melhor marca dos últimos dois anos no mês de abril. Com mais de 127 mil pessoas transportadas, aproximadamente 4.256 viajantes/dia, o volume é 15,3% maior que o aferido no mesmo período do ano passado; e 12% superior ao contabilizado em 2017, quando foram registradas 113 mil operações.

A alta também pode ser percebida no fluxo computado no acumulado do ano. De janeiro a abril, foram mais de 532 mil embarques e desembarques realizados no terminal maranhense, o que representa um aumento de 5,6% em relação a 2018, e de 3,3% no comparativo com os quatro primeiros meses de 2017.

Para a superintendente do Aeroporto de São Luís, Tayse Brandão, o incremento nas operações do terminal se deve à recuperação gradual da economia brasileira, à qualidade dos serviços prestados pelo terminal, e principalmente, ao trabalho conjunto com todo trade turístico em prol do fomento do turismo de lazer e de negócios no estado. “Esse êxito nos impulsiona a acreditar que fecharemos o exercício 2019 com um crescimento operacional em torno de 5% em relação ao ano anterior”, destacou.

Localizado estrategicamente, entre as regiões Norte e Nordeste do País, o aeroporto da capital maranhense tem capacidade para receber até 5,1 milhões de viajantes. Operam regularmente no terminal três companhias aéreas: Latam, Gol e Azul, com 24 voos diários, cujos principais destinos são Recife (PE), Imperatriz (MA), Guarulhos (SP), Belém (PA), Brasília (DF), Confins (MG), Fortaleza (CE) e Rio de Janeiro (RJ).

Rede Infraero

Mais de 28 milhões de passageiros utilizaram os aeroportos administrados pela Infraero nos quatro primeiros meses do ano. O volume é 4% superior ao movimento registrado no mesmo período de 2018, que teve 27,5 milhões de embarques e desembarques realizados.

Para garantir a fluidez nas operações, a Infraero realiza uma série de iniciativas em toda a Rede, como manutenções preventivas em equipamentos – esteiras de bagagens, elevadores e escadas rolantes, entre outros.

Além disso, os “amarelinhos”, funcionários identificados pelo colete amarelo que estampa a frase “Posso Ajudar/May I Help You?”, estão de prontidão nos saguões e áreas públicas para tirar dúvidas sobre horários de voos, portões de embarque e fazer outros esclarecimentos. Nos balcões de informações da Infraero as equipes também estão preparadas para orientar os viajantes.

Fonte: AviaoRevue

(2)