Um navio cargueiro da Coreia do Sul, de nome Stellar Daisy, desapareceu em algum local do oceano atlântico entre o Rio de Janeiro e o Uruguai na última sexta (31) após partir do porto de Itaguaí.

A embarcação carregava minério de ferro para o porto de Qingdao (China) com 24 tripulantes à bordo, apenas 2 de nacionalidade filipina foram resgatados à deriva num bote salva-vidas. Antes do provável naufrágio, às 12h de sexta, tripulantes pediram socorro pelo rádio informando que muita água entrava no navio, neste momento a embarcação ainda estava em águas internacionais, mas já próxima da jurisdição oceânica do Uruguai.

Na noite de sábado, um KC-130 da Força Aérea Brasileira do primeiro grupo de transporte de tropa decolou do Rio de Janeiro para ajudar nas buscas, a aeronave tem autonomia de mais de 3.700Km.

A Marinha do Brasil participa com a fragata Rademaker, esta partiu do Rio de Janeiro no sábado e deve chegar ao local das buscas na quinta, a embarcação carrega um helicóptero Super Lynx que irá auxiliar a Armada Nacional do Uruguai, coordenadora das buscas.

(83)