A Embraer anunciou , durante cerimônia de comemoração dos 50 anos da companhia, um investimento de US$ 30 milhões na expansão da unidade de Eugênio de Melo, em São José dos Campos. Com a construção de novas instalações, o local passará a ter capacidade para mais de 4 mil funcionários, quase o triplo dos atuais 1.500 profissionais que trabalham nas áreas de manufatura, desenvolvimento, engenharia, testes estruturais e de sistemas, centro de formação de pessoas, entre outras atividades administrativas e de pesquisa.

“O futuro da indústria aeronáutica brasileira passa pelo que sonhamos e construímos juntos hoje. É assim que entendemos ser a melhor homenagem que podemos prestar aos 50 anos da Embraer”, disse Francisco Gomes Neto, Presidente e CEO da Embraer. “Ao anunciar a expansão da unidade de Eugênio de Melo, em São José dos Campos, reforçamos o compromisso com as nossas pessoas e com a comunidade local, que são parte da nossa visão estratégica de crescimento contínuo e sustentável.”

Ao menos 600 vagas temporárias foram criadas para a construção de quatro novos prédios. Um deles se tornará o centro global de engenharia e tecnologia da empresa e outro será dedicado ao atendimento e treinamento de clientes, abrigando simuladores de voo e outras tecnologias para prover instrução de procedimentos técnicos aos operadores de aeronaves da companhia. Também estão contemplados no projeto um prédio para áreas administrativas e um centro histórico dedicado aos 50 anos da Embraer e avanços da indústria aeronáutica nacional.

A Embraer realiza ainda melhorias e ampliações das instalações existentes, como restaurante, portarias, plataformas de ônibus e estacionamento. A conclusão da obra está prevista para o último trimestre deste ano e aumentará a área construída e de lazer dos atuais 70 mil metros quadrados para 110 mil. A unidade está localizada em um terreno de 530 mil metros quadrados e iniciou as operações em 2001.

 

Criada pelo Governo Brasileiro como Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A., de capital misto e controle estatal, a Embraer teve em seu propósito inicial ser uma companhia capaz de transformar ciência e tecnologia, desenvolvidas pelo então Centro Técnico de Aeronáutica (CTA) e pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em engenharia e capacidade industrial. Privatizada em 1994, a Embraer se tornou a maior exportadora de produtos manufaturados de alta tecnologia do hemisfério sul e a terceira maior fabricante de jatos comerciais do mundo.

 

Sediada no Brasil, a empresa global atua nos segmentos de Aviação Comercial, Executiva & Agrícola, Defesa & Segurança e Serviços & Suporte. Projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves, sistemas e suporte ao cliente. Neste meio século, a Embraer entrou em um mercado muito competitivo, enfrentou e superou as turbulências, sempre acreditando na excelência para explorar novos horizontes. Impulsionada pela ousadia que em 50 anos sempre a posicionou como uma Empresa inovadora e além do seu tempo, a Embraer está mais do que pronta para continuar alçando voos cada vez mais altos pelos próximos 50 anos.

 

Aviação Comercial

 

A empresa tem 100 clientes de todo o mundo operando as famílias de aeronaves ERJ e E-Jet. Quase 900 aeronaves da família de jatos regionais ERJ 145 de 37, 44 e 50 assentos foram entregues às companhias aéreas desde sua introdução em 1996. A família de E-Jets inclui quatro aeronaves maiores que têm entre 70 e 130 assentos. Os E170, E175, E190 e E195 definem o padrão em sua categoria com sua engenharia avançada, alto grau de eficiência, cabines espaçosas e ergonômicas com assentos de dois por dois e economia operacional atraente.

 

Em 2013, a Embraer lançou o E-Jets E2, a segunda geração da família de E-Jets de aeronaves comerciais composta por três novos aviões – E175-E2, E190-E2, E195-E2 – com capacidade para 70 a 146 passageiros. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou quase 1.900 pedidos firmes e 1.500 entregas para cerca de 80 companhias aéreas em 50 países, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais, operando em uma variedade de aplicações de negócios.

 

Defesa & Segurança

 

A Embraer Defesa & Segurança oferece uma linha completa de soluções integradas, como aplicações C4I (Comando, Controle, Comunicação, Computadores e Centro de Inteligência), tecnologias de ponta na produção de radares, controle de tráfego aéreo e sistemas de comunicação, sistemas integrados de monitoramento de fronteiras e vigilância, bem como aeronaves de transporte militar e governamental.

 

Líder na indústria aeroespacial e de defesa da América Latina, com mais de 60 países atendidos pela Embraer Defence & Security, a unidade inclui as empresas coligadas Atech, Visiona, OGMA e Savis e oferece soluções completas para todas as Forças Armadas. O KC-390 é uma aeronave de transporte tático projetada para estabelecer novos padrões em sua categoria enquanto apresenta o menor custo de ciclo de vida com um potencial de mercado internacional. O A-29 Super Tucano, aeronave de ataque leve e treinamento avançado, também é mundialmente renomado e selecionado por 15 Forças Aéreas, incluindo a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

 

Aviação Executiva

 

A Embraer é um dos principais fabricantes de jatos executivos do mundo, tendo entrado neste mercado em 2000 com o jato Legacy, que levou ao lançamento dos jatos executivos da Embraer em 2005. A Companhia lançou em 2018 os novos jatos Praetor 500 e Praetor 600, das categorias de jatos médio e supermédio, respectivamente,com tecnologia fly-by-wire completa e redução de turbulência, introduzindo um alcance sem precedentes em seus segmentos.

 

Seu portfólio, o mais amplo do mercado, também é composto pelos jatos Phenom 100EV, Phenom 300E, Legacy 450, Legacy 500, Legacy 650E e Lineage 1000E. A frota global da Embraer em Jatos Executivos supera 1.400 aeronaves, que estão em operação em mais de 70 países e contam com a rede global de suporte e serviços,, composta por mais de 80 centros de serviços próprios e autorizados, complementados por um Customer Care Center 24 horas por dia, sete dias na semana.

 

Serviços & Suporte

 

A Embraer Serviços & Suporte foi estrategicamente criada no final de 2016 para alavancar os negócios pós-venda da Embraer, criando sinergia entre todas as unidades de negócios, promovendo eficiência e desempenho global e respeitando as especificidades de cada segmento e região. Seja Comercial, Executivo, Defesa e Segurança ou Aviação Agrícola, o foco é pensar no amanhã e reter a fidelidade do cliente. A Embraer possui uma rede global de suporte composta por mais de 80 centros de serviços próprios e autorizados, mais de 2.300 pessoas posicionadas no mundo para atender mais de 1.700 clientes, entendendo suas necessidades com mais de 5.600 aeronaves.

 

O novo portfólio de produtos, serviços e soluções TechCare abrange os seguintes segmentos: Treinamento, Manutenção, Materiais, Modificações de Aeronaves, Operações de Voo, Suporte de Campo, Suporte Técnico e Soluções Inovadoras.

 

O Centro de Serviços da Embraer em Sorocaba completou cinco anos em 2019 e possui uma moderna infraestrutura de hangares, oficinas e salas VIP, que oferecem um amplo portfólio de serviços, contemplando manutenção de aeronaves, reparo de componentes e interiores, hangaragem, atendimento aeroportuário e gerenciamento técnico de manutenção. Já ofereceu suporte a aproximadamente 70% dos clientes brasileiros, com mais de 90% dos aviões retornando à operação em menos de 24 horas.

 

Aviação Agrícola

 

O Ipanema é um dos primeiros aviões lançados pela Embraer e fabricado ininterruptamente há quase 50 anos, na unidade de Botucatu, no Estado de São Paulo. A Companhia celebrou em 2018 a entrega de 1.400 unidades da aeronave Ipanema, líder no segmento de aviação agrícola no Brasil, com 60% de participação de mercado. Em 2015, foi lançada uma nova versão da aeronave, o Ipanema 203.

 

Movida por energia renovável (etanol), é mais ágil e eficiente, o que garante maior produtividade. As principais culturas que demandaram o avião são: soja, milho, algodão, cana-de-açúcar, banana, citros, eucalipto e café. Multitarefa, pode ser usada para espalhar sementes, combater vetores e larvas, em combate primário a incêndios e assentamento fluvial.

 

EmbraerX

 

A inovação faz parte do DNA da Embraer e não se limita ao desenvolvimento tecnológico de aeronaves. Temos uma longa história de inovação e a capacidade de encontrar nichos de negócios e produtos inexplorados. A EmbraerX, uma subsidiária integral da Embraer, existe para construir negócios disruptivos, considerando que o transporte provavelmente será modificado pelo crescimento exponencial de novas tecnologias, bem como o desenvolvimento de novos modelos de negócios.

 

Além do desenvolvimento do primeiro conceito do veículo elétrico de decolagem e pouso vertical, conhecido pela sigla em inglês eVTOL, por meio de uma cooperação com a Uber e outras empresas, a EmbraerX lançou recentemente um documento com sua visão e proposta para o gerenciamento do espaço aéreo urbano, além do Beacon, um aplicativo que reúne mecânicos e fornecedores de peças, unindo fornecedores de serviços e componentes a companhias aéreas e outros participantes desse ecossistema.

Fonte: AviaoRevue

(0)