Aumento no número de voos, ampliação da oferta de assentos e dois novos destinos. Em um ano, a capital de Mato Grosso passou a contar com mais operações da Azul. A companhia, que já lidera o número de decolagens na cidade, inaugurou os mercados Cuiabá-Belém e Cuiabá-Recife nos últimos 12 meses, além de ofertar 20% mais assentos na comparação entre o mês de agosto deste ano com o mesmo período do ano passado. A maior oferta é reflexo do aumento de 10, 4% no número total de voos operados pela Azul, que tiveram como destino ou origem a capital mato-grossense.

Interligando cidades de todas as regiões do país, a malha da Azul em Cuiabá oferece voos regulares e diretos para 18 destinos. Com uma média diária de 31 operações, a cidade é o principal centro de conexões da companhia, depois dos hubs de Campinas, Belo Horizonte e Recife. O diretor de planejamento de malha da Azul, Daniel Tkacz, ressalta que a expansão das operações na cidade faz parte da estratégia da empresa em oferecer mais opções de conexão para o Centro-Oeste do país.

“Desde o início, a Azul busca desenvolver a aviação regional e atender rotas pouco ou nunca antes atendidas pelo mercado. Com a gradativa ampliação da nossa oferta em Cuiabá e demais regiões, vimos o potencial dessas bases de operação e o desejo das pessoas em poder contar com o modal aéreo. Por isso, realizamos todos esses incrementos e concentramos nossa operação em Cuiabá. Nosso objetivo é sempre estimular a demanda e oferecer novas oportunidades de negócios e lazer para nossos Clientes da parte central do país”, reforça Tkacz.

Com essa estratégia, a Azul operou 8.749 voos até junho deste ano de e para Cuiabá, o que mostra que a empresa aposta na região Centro-Oeste do país e na solidez do mercado aéreo. A capital do Mato Grosso também registrou crescimento no número de Clientes transportados pela Azul. Nos seis primeiros meses deste ano, 775.650 mil Clientes viajaram com a companhia, enquanto que, até junho do ano passado, o número foi de 722.931mil.

(7)