O Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), teve o maior percentual de pontualidade nas partidas e chegadas durante a Operação Fim de Ano 2018-2019, com 91,62% de chegadas e partidas no horário programado. É o que aponta o relatório final do Ministério da Infraestrutura, que monitorou 13 aeroportos, sendo cinco da INFRAERO, no período de 17 de dezembro a 6 de janeiro.

Administrado pela INFRAERO, o terminal paulistano também se posiciona no relatório como um dos melhores no Índice de Satisfação Geral do Passageiro, com a nota 4,43, em uma escala de 1 a 5, acima da média nacional, de 4,39. O desempenho geral dos 13 terminais foi de 88,4% de pontualidade. O documento fundamenta-se em dados fornecidos pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e operadores aeroportuários.

“Esse desempenho é possível com a constante integração e parceria existentes entre a INFRAERO e as companhias áreas que operam em Congonhas. É um resultado expressivo do comprometimento e da participação de todos os profissionais que atuam para que o movimento de passageiros e aeronaves flua cada dia melhor”, pontuou o superintendente do Aeroporto de Congonhas, Antônio Filipe Barcellos.

Ao todo, foram 21 dias de reforço nos serviços para atender à alta demanda do período, em um procedimento padrão acordado e alinhado anualmente entre setor público e a iniciativa privada. Além disso, foram definidos compromissos, responsabilidades e um regime especial de funcionamento para os respectivos aeroportos e companhias aéreas envolvidas na operação. O meta era manter o índice médio de atrasos abaixo de 15%.

Os 13 aeroportos monitorados pelo Ministério representam 70% do total do fluxo de viajantes no Brasil. São eles: Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Galeão e Santos Dumont (RJ), Brasília (DF), Confins (MG), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA), Curitiba (PR), Manaus (AM), Fortaleza (CE).

Acesse aqui o relatório final da operação.

Fonte: AviaoRevue

(16)