O chinês Comac C919 realizou um teste de alta velocidade recentemente em Shangai e agora está autorizado pela agência reguladora de aviação da China para o primeiro voo de testes.

No teste de solo, similar à uma decolagem abortada, a aeronave atingiu cerca de 170Km/h, levantou levemente o nariz e iniciou a frenagem, os sistema de freios, reversores e spoilers funcionaram perfeitamente. O chefe de design do C919, Wu Guanghui, confirmou que todos os testes em solo antes do primeiro voo foram concluídos com êxito e que a aeronave deve decolar antes de 31 de maio, quando expira a autorização.

O C919 tem como proposta ser um concorrente do Boeing 737 e do Airbus A320, podendo levar até 174 passageiros, até o momento possui mais de 500 encomendas, a maioria de empresas estatais da própria China. A companhia China Eastern será a primeira operadora comercial do modelo.

 

(40)